Nome:
  E-mail:
   
 
 
 
 
Clique na imagem para ampliar
     
 

Poço tubular ou artesiano como é popularmente conhecido, ao contrário do que muitos imaginam, não é uma simples perfuração no solo, mas uma obra de engenharia que da acesso aos mananciais de águas subterrâneas, visando a sua captação. Deve obedecer normas construtivas regulamentadas pela ABNT – Associação Brasileira de Normas técnicas.

• POÇO TUBULAR PROFUNDO – artesiano e semi-artesiano:

Obra de engenharia geológica de acesso a água subterrânea, executada com sonda perfuratriz mediante perfuração vertical com diâmetro de 4” a 36” e profundidade de até 2000 metros, para captação de água.

• POÇO RASO, CISTERNA, CACIMBA OU AMAZONAS:
Poços de grandes diâmetros (1metro ou mais), escavados manualmente e revestidos com tijolos ou anéis de concreto. Captam a água do lençol freático e possuem geralmente profundidade na ordem de até 20 metros.

Tipos de Poços:

1 - Cacimba, poço raso, cisterna ou poços amazonas, construídos manualmente.

2 - Poço perfurados em rochas consolidadas ou cristalinas, também conhecido como semi-artesiano.

3 - Misto – poço perfurado em rochas inconsolidas podem ser chamado também semi-artesiano.

4 - Poço no Aqüífero Guarani: poço perfurado em rochas consolidadas e incosolidadas, com grandes diâmetros (até 36”) e profundidades (até 2.000 metros), também chamado de artesiano, jorrante ou não.

5 - Poço Sedimentar, perfurado em rochas geralmente inconsolidadas, pode ser chamado também de semi-artesiano.